Governo do Estado do Espírito Santo
03/03/2020 16h49 - Atualizado em 03/03/2020 16h50

Coronavírus estimula comércio de máscaras e álcool em gel no Brasil, mas a aplicação pode ser ineficaz

Júllia Cássia

Em busca da prevenção, o volume de vendas de máscaras de proteção registrou aumento de 117% e, analisando o faturamento, a alta foi de 113% em relação a janeiro de 2019; segundo dados levantados por um aplicativo de vendas online de saúde e beleza. O levantamento também registrou um aumento expressivo na categoria de antissépticos para as mãos, o que inclui o álcool em gel, com alta nas vendas de 53% quando comparado ao primeiro mês do ano passado.

A preocupação com a epidemia chinesa, o novo coronavírus, tem disparado a procura por parte dos brasileiros por esses produtos, no entanto, a infectologista Dra. Euzanete Coser esclarece quando o uso é necessário e como utilizá-los de forma correta. 

Ouça a matéria completa:

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard