Governo do Estado do Espírito Santo
09/07/2019 10h00

Quedas são a sexta causa de morte em idosos no país

Embora o risco de ser vítima de uma queda seja uma possibilidade em qualquer idade, esse acidente é a sexta causa de morte em idosos, conforme aponta o Ministério da Saúde. Os motivos que colocam esse grupo em situação mais vulnerável vão muito além de doenças comuns da idade avançada e dos efeitos colaterais de medicações. Alterações no organismo como diminuição da visão, fraqueza na musculatura e alterações no equilíbrio acompanham o envelhecimento e favorecem uma maior tendência a quedas.

Dentre as consequências mais graves que podem comprometer a qualidade de vida do idoso, o médico geriatra Gustavo Genelhu ressalta a fratura no fêmur como uma das mais limitantes. Apesar da resistência, o maior osso do corpo humano, quando afetado, desencadeia uma série de problemas no idoso, como explica Genelhu.

Saiba mais, na matéria de Júllia Cássia:

Ainda como forma de prevenção, tanto idosos quanto seus familiares e cuidadores têm a disposição a  Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, iniciativa do Governo Federal. O documento possui mais orientações sobre prevenção e identificação dos riscos de queda e outros cuidados nessa fase da vida. Para baixar basta acessar o link: Caderneta de Saúde da pessoa Idosa.

2015 / Desenvolvido pelo PRODEST utilizando o software livre Orchard