TVE lança programa sobre literatura afro-brasileira

08/11/2021 16h05 - Atualizado em 08/11/2021 17h11
Serão entrevistados cinco escritores capixabas de literatura afro-brasileira.

Projeto tem por objetivo dar visibilidade e ampliar alcance da literatura negra capixaba, valorizando importância histórica da iniciativa.

Em alusão ao mês da Consciência Negra, a TV Educativa do Espírito Santo (TVE-ES) traz, em parceria com o Coletivo Palavra Negra, a websérie Palavra Negra: Entrevista, um programa de entrevistas reunindo cinco escritores e escritoras de diversos gêneros literários, com episódios exibidos a partir do dia 10 de novembro, sempre às quartas-feiras, às 20 horas, com reprise sexta-feira, às 23h30.

A nova programação tem a proposta de possibilitar a visibilidade para a literatura afro-brasileira, em especial a que se produz em terra capixaba, e estimular o interesse de consumo por este gênero literário, que tem grande importância histórica.

“Abrimos as portas da nossa TV para a cultura e o Palavra Negra tem um conteúdo de grandes fomentadores da literatura de autoria negra do Estado e do País. Estamos muito felizes com esse projeto sendo apresentado na nossa tela e nas nossas redes sociais para que a comunidade possa conhecer mais dos nossos escritores”, explicou o diretor da TVE, Hugo Reis.

Participam do Palavra Negra: Entrevista os escritores Douglas Freitas, Gustavo Forde, Larissa Pinheiro, Lavínia Coutinho Cardoso e Marciel Cordeiro. Cada episódio conta com uma intervenção poética de slamers, como são chamados os poetas que participam de slams, as “batalhas de poesia”. Afronta, Ira, João Martins e Júpiter foram os slamers convidados.

O projeto foi selecionado pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, do Ministério do Turismo, por meio da Secretaria da Cultura (Secult). “Essas conversas, os encontros com esses autores e autoras, foi um momento muito importante e muito rico. Eu diria que inédito no Espírito Santo. Sua relevância está em termos conhecido uma diversidade na produção de uma literatura de autoria negra e na qualidade dessa produção. Por outro lado, foi descobrir que principalmente as escritoras negras ainda têm dificuldades de publicar seu primeiro livro”, disse Adriano Monteiro, um dos fundadores do Coletivo Palavra Negra.

O grupo comemora sete anos de atividade e amplia o campo de atuação, consolidando-se como um dos grandes fomentadores da literatura de autoria negra do Estado e do País com esse projeto. “A parceria com a TVE é muito importante para nós do coletivo Palavra Negra, porque nos permite ampliar o alcance das nossas produções, levando a literatura de autoria negra para diferentes públicos”, completou Daiana Rocha, outra fundadora do coletivo.

Texto: Sânnie Rocha

Informações à Imprensa:
Rádio e Televisão do Espírito Santo RTV ES
(27) 3636-6664 / WhatsApp: (27) 99943-5574
https://rtv.es.gov.br/